Mario Finotti Silva

Graduado em Publicidade e propaganda pela Universidade Anhembi Morumbi (1994). Doutorando em Comunicação e Semiótica pela PUC – São Paulo. Área de Concentração – Signo e significação nos processos comunicacionais. A área abriga pesquisas sobre processos e dispositivos comunicacionais, entendidos em seus regimes de sentido, processos de criação na cultura e dimensões políticas e biopolíticas, a partir das relações epistêmicas entre comunicação e semiótica. Linha de pesquisa – Dimensões políticas na comunicação. A linha de pesquisa desenvolve reflexões críticas sobre a ordem comunicacional vigente, implantada em escala mundial mediante apropriações sociais de dispositivos midiáticos. Esse recorte de interesse implica a investigação de ações ligadas a diferentes dimensões dos poderes e/ou biopoderes nas relações e processos de comunicação. É nessa perspectiva de tensionamento que a linha estuda as dimensões políticas desses processos, considerando os aspectos histórico-antropológicos e éticos da ordem comunicacional hegemônica, incluídos os novos horizontes de relação com a vida e com o corpo na civilização tecnológica. Mestre em Comunicação Social com ênfase em cibercultura pela UNIP-SP. Linha de pesquisa – Contribuições da Mídia para a Interação entre Grupos Sociais, que congrega pesquisas sobre os processos de mediação das linguagens, que dinamizam modalidades comunicativas em grupos sociais, com ênfase nos efeitos que elas causam nos atos de recepção de mensagens midiáticas. MBA em Marketing pela FGV. Professor de Computação Gráfica no SENAC (Unidade Santana), desde 2011. (Texto informado pelo autor)